WhatsApp poderá ser usado em vários celulares e PCs

Tempo de leitura: 2 minutos

O aplicativo de mensagens mais famoso do mundo traz novidades nesse final de ano. Agora o WhatsApp poderá ser usado em vários celulares e PCs com a mesma conta. Essa funcionalidade não fazia parte dos planos de lançamento atuais do mensageiro, já que demandaria também o lançamento de uma versão dedicada para o iPadOS, novos protocolos de compartilhamento de dados, além, é claro, de uma nova versão de criptografia ponta a ponta.

Atualmente, como sabemos, é possível usar uma conta do WhatsApp em apenas um único aparelho (celular ou computador), ou usá-la no celular e acessar sua interface num computador. Com a nova funcionalidade essa limitação chegará ao fim.

WhatsApp poderá ser usado em vários celulares

Para efeito de comparação, o Telegram, concorrente direto do WhatsApp, já usa essa função há algum tempo. O mensageiro russo pode ser instalado em vários aparelhos diferente ao mesmo tempo, e o usuário tem acesso aos mesmos dados todo o tempo.

Com a implantação será possível, por exemplo, iniciar uma conversa no celular e continuá-la no computador ou tablet, de forma rápida e sem prejuízo de dados históricos ou contatos das outras instalações.

Leia também: O próximo IPhone SE parecerá um iPhone 8, mas será tão rápido quanto o IPhone 11

Indícios de que o WhatsApp poderá ser usado em vários celulares

A notícia ainda não foi confirmada oficialmente pela empresa, mas especulações dão conta de que o projeto já está em fase inicial de implementação. Segundo o site WABetaInfo, uma “lista de contatos“ foi encontrada na versão mais recente do código-fonte da versão Beta do WhatsApp para Android.

Esse seria um forte indício, uma vez que essa a opção permitiria ao usuário um controle completo sobre os aparelhos nos quais o WhatsApp está instalado, possibilitando, por exemplo, desautorizar celulares que não possui mais ou identificar acessos não-autorizados.

Recentemente, o mensageiro passou a emitir um aviso sempre que o código de verificação for solicitado. A implementação desse recurso acaba por corroborar a teoria de que o WhatsApp poderá ser usado em vários celulares de PCs, já que, uma vez funcionando, o recurso tem a função de evitar invasões a contas, que estão cada vez mais comuns ao aplicativo.

A novidade também está exigindo que o WhatsApp faça uma repaginação na sua criptografia de ponta a ponta, que hoje, depende de chaves privadas e exclusivas dos dispositivos para funcionar. Com a integração entre diferentes dispositivos, essas chaves criptografadas seriam compartilhadas entre todos os aparelhos pertencentes a um mesmo usuário, e, seguindo a mesma premissa, possibilita a liberação do acesso a cada novo dispositivo habilitado.

Por enquanto, não há nenhum informe oficial da empresa com relação à confirmação da notícia ou  possível data de lançamento da função.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *