Bancos vão automatizar 200 mil empregos nos próximos 10 anos

Tempo de leitura: 1 minuto

Um estudo realizado pela empresa Wells Fargo & Co. estima que, nos próximos dez anos, cerca de 200 mil postos de trabalho do setor bancário americano terão sido substituídos por robôs que, segundo o estudo, gerarão ganhos em eficiência nas mais diversas funções.

Ainda segundo o estudo, a substituição afetará cerca de um quinto a um terço das vagas em setores como: administrativo, agência, call center e corporativo. Já as profissões relacionadas à tecnologia, vendas e consultoria terão maior probabilidade de serem mantidas.

Por ano, as empresas financeiras dos Estados Unidos gastam cerca de US$ 150 bilhões em tecnologia (mais do que qualquer outro setor). Com essa redução de custos, as despesas com salários dos funcionários responderão pela metade de todas as despesas bancárias, calcula Mike Mayo, analista sênior do Wells Fargo Securities.

Pode lhe interessar: Os melhores bancos digitais em atividade no Brasil

De acordo com Michael Tang, parceiro da Deloitte no setor de inovação global em serviços financeiros, “a mudança será dramática nos call centers, tanto em posições internas quanto externas. Já vemos sinais disso com os chatbots (robôs de atendimento), e algumas pessoas sequer percebem que estão conversando com um sistema de inteligência artificial”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *