Banco N26 chega ao Brasil; saiba mais

Tempo de leitura: 1 minuto

Enfim saiu a concessão de funcionamento para a N26 Sociedade de Crédito Direto, que terá sede em São Paulo (SP) e capital social declarado de R$ 2,008 milhões. O Banco N26, de origem alemã, têm como controladores dois austríacos: Maximilian Tayenthal e Valentin Stalf. A notícia é do site Valor Econômico.

Depois de muitos rumores sobre seu lançamento em terras brasileiras, a fintech finalmente definiu seu plano e resolveu os entraves burocráticos que ainda dificultavam sua entrada no país.

No Brasil, o N26 é liderado pelo ex-Cielo e Santander, Eduardo Del Guerra Prota, que foi contratado ainda no ano de 2019. No ano passado, ele disse que o banco aqui operaria em um modelo de oferta que engloba conta digital e produtos próprios ou de parceiros.

Em 2020, após rumores de que o banco N26 teria desistido de iniciar suas atividades por aqui, Eduardo Prota deu a seguinte declaração ao site NeoFeed:

“Recentemente optamos por operar no mercado brasileiro com uma licença própria, de Sociedade de Crédito Direto (SCD). O pedido já foi submetido ao Banco Central.
Em função desta decisão, o desenvolvimento do produto levará mais tempo do que se optássemos por trabalhar com um banco parceiro. No entanto, acreditamos que nos dará maior independência e flexibilidade para oferecer um produto mais relevante, competitivo e adequado às necessidades do consumidor brasileiro.”

A licença SCD foi finalmente concedida pelo banco central e o Banco N26 deverá inicial definitivamente suas operações no Brasil nas próximas semanas. Por enquanto, os interessados podem entrar na lista de espera, que, segundo a fintech, será atualizada sobre os próximos passos para cadastro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *