Amazon Echo | 10 comandos bem “da hora” para usar a Alexa em português

Tempo de leitura: 4 minutos

Nos dias atuais, os assistentes pessoais são tão utilizados que já até fazem parte de nossas vidas. Desde os mais popularmente conhecidos, como a Siri, do IPhone, ou o Google Assistente, do Google, os assistentes pessoais têm se tornado cada vez mais imprescindíveis na vida de algumas pessoas. Recentemente, outro grande player lançou no Brasil o seu assistente: é a Alexa, uma espécie de cérebro da linha Amazon Echo, da Amazon.

A Alexa que, além da aliteração quase involuntária, chega ao Brasil como uma espécie de “Player 3”.

Basicamente, a AI da Amazon é composta por caixas de som inteligentes, capazes de aceitar comandos a qualquer momento e executar tarefas. É o caso do speaker Echo Dot, modelo que chegou ao Brasil nesta quinta-feira (3), e é um dos modelos mais básicos da linha. 

Leia também: Amazon Prime Vídeo transmitirá conteúdos da Disney

Segundo o site Canaltech, Alexa consegue entender alguns comandos em nosso idioma. Mas quais seriam eles?

O site separou 10 comandos básicos para usar o Alexa em Português. São eles:

1. Alexa, me conte sobre o filme Vingadores Ultimato!

2. Alexa, conte uma piada!

3. Alexa, apagar as luzes!

4. Alexa, leia o livro para mim!

5. Alexa, toque sons da natureza!

6. Alexa, vai chover amanhã?

7. Alexa, quanto está o dólar hoje?

8. Alexa, por favor, aumentar volume!

9. Alexa, parear Bluetooth!

10. Alexa, me lembre de dar uma desculpa para não trabalhar.

Além dessas funções, a Alexa é capaz de controlar alguns equipamentos compatíveis com a tecnologia. Alexa é capaz de executar funções em uma smartTV, por exemplo. Através de comandos de voz é possível mudar o canal, aumentar/diminuir o volume, entrar em aplicativos, etc. Estaria o controle remoto ficando obsoleto? O futuro dirá.

Amazon Echo Show 5
Echo Show 5 – Foto: Reprodução

Alexa consegue ainda controlar as lâmpadas de casa (Philips Hue), e também termostatos compatíveis, a exemplo dos da Honeywell.

Também é possível configura as rotinas e automatizar uma série de funções.

De qualquer forma, já é possível perceber que a Alexa é tão poderosa quanto os dispositivos compatíveis conectados da linha Echo. Um “produto” que vai ganhando funções com o passar do tempo, por assim dizer.

Como a Alexa funcionará no Brasil

As configurações são feitas nas caixas de som da linha Amazon Echo, onde o usuário emitirá os comandos para que Alexa os obedeça. Para despertá-la, basta dizer “Alexa”. As luzes azuis nos aparelhos indicam que ela está ativa e ouvindo os comandos.i

A AI é capaz de emitir a previsão do tempo para o dia, selecionar músicas, ler livros e até contar piadas.

Os aparelhos Amazon Echo

Três aparelhos Amazon Echo estão em pré-venda no Brasil até a próxima terça-feira (08). Após a pré-venda, os preços serão ajustados no site da Amazon.

O Echo Dot é o menor alto-falante entre os 3 modelos disponíveis. Ele possui um formato redondo e compacto e consegue aliar a isso um som razoavelmente potente e de boa qualidade. O Dot será vendido nas cores cinza, preta e branca.

Seu irmão maior, o Echo, funciona de forma similar, tem aparência semelhante, mas o alto-falante é mais potente. Além de custar um pouco mais caro. Será vendido nas cores azul, preta, cinza e branca.

Já o Echo Show 5 possui uma tela de 5,5 polegadas e vai um pouco além em suas respostas. O Show 5 pode reproduzir vídeos, pedir um carro da Uber, comprar comida pelo iFood, oferecer jogos e até fazer chamadas de voz.

Adaptação ao idioma

Segundo Michele Butti, diretor Internacional de Alexa, e Ricardo Garrido, gerente geral para Alexa no Brasil, adequar a assistente de voz para o Brasil foi um grande desafio.

As maiores preocupações dos executivos em relação à língua portuguesa têm relação com os hábitos locais e a linguagem informal do brasileiro. Além de suas várias nuances e sotaques das regiões do país.

“A gente quer que ela funcione como um amigo. Por isso, optamos pela Alexa usar uma linguagem informal com os brasileiros. Diferente do Japão, em que ela é mais formal. A gente montou um time com pessoas brasileiras para encontrar as referências brasileiras”, explicou Garrido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *